21 de novembro de 2014

É que parece que é de propósito

Quando estamos com pressa tem que haver sempre um filha da putisse de um passeante de domingo, daqueles mesmo molengões, a caminhar à nossa frente bem devagarinho, qual procissão, completamente alheado do que o rodeia, feliz da vida na sua pasmaceira. E nós tentamos ir pela esquerda, mas não dá porque vêm pessoas de frente, então tentamos ir pela direita, mas não dá porque o camelo ocupa a via de tal modo que não nos deixa espaço suficiente para passarmos de ladex. A questão que se põe é: espremo-me toda e passo mesmo rés vés campo de Ourique, ou mando-lhe uma marretada nas fuças e passo a mal? Pois, eu inclino-me sempre para a segunda, vá-se lá perceber porquê, mas a minha boa educação e paciência ilimitada (aqui o meu homem vai-se rir porque ele acha que eu tenho a paciência do Chuck Norris) não me permitem. E depois, por muito que se diga " 'cença", não resolve nada porque o Páscoa lenta também é surdo que nem uma porta. E quando vão em grupo, lado a lado, a ocupar um corredor inteiro?

Pronto, eu estou bem. Está tudo bem.

5 comentários:

Nina Nininha disse...

Os “caracóis” humanos são tramados! Uma das minhas amigas tem um “truque”. Encosta-se o máximo possível à pessoa, grita a plenos pulmões “EMERGÊNCIA!”, quando a pessoa pára e se vira para olhar para trás, ela aproveita para passar e acrescenta “obrigada, emergência resolvida”. Morro de vergonha sempre que ela faz isto, mas resulta!

maria umbelina disse...

Panda, tu não te enerves!
Também não gosto desses empatadores, mas a via pública é de todos. Geralmente comigo, reparam e desviam-se. Outros não o fazem e aí ou copio a lentidão ou tento descer à estrada e deixa-los para trás. Se tens paciência do chuck norris também deves dar uns golpes, desanda tudo a pontapé! :p
Bom fim de semana :)

Panda disse...

Nina, AHAHAHAHAHAHAHAHAH adoro a tua amiga e ainda nem a conheço!

maria, calmíssima, está tudo bem. Tudo bem. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

Roger disse...

Pior do que na rua (onde podes, muitas vezes, sair do passeio e ultrapassar pela berma da estrada), é em espaços fechados. Tipo shoppings e hipermercados. E eu, que adoro (not!) andar nas compras, parece que quanto mais depressa me quero despachar, mais empatas encontro -.-'

Panda disse...

Normalmente, acontece-me muito nos espaços fechados.