29 de novembro de 2014

Sigmund, meu, explica lá esta cena

Hoje sonhei que o moçoilo não namorava mais comigo se eu não fizesse (suas badalhocas, o que é que já estão para aí a pensar, han?) uma trança. E eu aflitíssima "mas torrãozinho, o meu cabelo já não dá para fazer isso agora, quer dizer, vai ficar cabelo a sair por todo o lado, não está comprido o suficiente!", ao que ele me responde, já com a veiazita a rebentar na cabeça, "não me interessa, arranja extensões ou o que tu quiseres, mas se até amanhã não tiveres uma trança feita, isto está acabado!"

Está bonito, está.

Sem comentários: