15 de janeiro de 2015

Something like Olivia

Ou de como não me farto desta música, por muito que a ouça. Imagino sempre uma carrinha de caixa aberta, umas texanas, um vestido branco de alças e acima do joelho, a janela aberta, o vento a levantar os cabelos e a purificar a alma e os pés no tablier. Por aí, pelo verde deste mundo.


6 comentários:

Maria Varredora Pau de Vassoura disse...

Só posso ouvir quando chegar a casa... bolas! Rsss

Bom dia e bom fim de semana! :))))

Panda disse...

Bom fim-de-semana, Maria! :)

Same Old Guy disse...

Por acaso também curto o João Manel!
John Mayer para os amigos....

Panda disse...

É bacano, o JM :P

Same Old Guy disse...

é nice...

Panda disse...

:)