25 de junho de 2015

Todos nós o conhecemos e todos nós desejamos que lhe cresça uma pinha no cu (é mesmo assim)

Aquele furúnculo humano que se pavoneia dizendo que já está de férias, quando nós, tristes, ainda nem vimos a luz do dia, porque estamos fechados a trabalhar. A essas criaturas do demónio só desejo o supracitado e uma valente evacuação de excrementos líquidos. Caganeira, mesmo. Durante uma semaninha. Ou duas.

10 comentários:

Uva Passa disse...

Que biolência!

(aproveito para te dar um longo abraço pela perda da tua avó. Espero que tenhas aproveitado bem enquanto ela esteve por cá. Devemos aproveitar os nossos o mais que podemos. A vida é um sopro.)

Panda disse...

Ahahah, pronto, pronto, retiro a caganeira. Mantenho a pinha :P E obrigada, Uvinha. Infelizmente, ela estava muito longe e não aproveitei tanto quanto queria.

Miguel R disse...

Este post bateu forte no meu coração <3

Panda disse...

Ahahahahah boa :D

Cláudia Pereira disse...

Até que não era má ideia ahahah

http://atualidadesbyclaudia.blogspot.pt/

Panda disse...

Dá cá mais cinco :D

Roger disse...

Estou contigo nessa luta!

Panda disse...

Anda, vamos fazer uma manif!

FME disse...

Mão sejas assim... Que mau feitio...

Panda disse...

O tanas :P