6 de novembro de 2015

Podia ser um diálogo entre malucos

Mas era entre mim e o moço. É pior, portanto. Vínhamos no autocarro.

Eu - Cheira-me a sopa.
Ele - A sopa?
Eu - Sim, a sopa.
Ele (com ar de quem não está a perceber se eu estou a gozar com a cara dele) - Quê, cheira-te a Juliana?
Eu (com ar de "não vês que é óbvio") - Não!

...

Eu - Creme de legumes.

12 comentários:

Maria Eu disse...

Ruim, pá!
Se ao menos fosse a caldo verde com tora... :P

Beijocas, Pandinha. :)

Panda disse...

Olha, comi caldo verde ao jantar, por acaso. Nham, nham! Beijinhos, Maria :)

Same Old Guy disse...

Antes a sopa do que a certas outras coisas... :p

Panda disse...

Também me cheirou a chulé!

Mellia disse...

Como é que é possível ele ter confundido a sopa juliana com o creme de legumes? ahahaha ;)

Panda disse...

Também não percebo! :P

maria mestre disse...

Como é que se confunde isso? Alguém que me explique pf... Ahah

Panda disse...

É o que eu não entendo :P ora, afinal há mais que estão comigo :P

mariaele disse...

Era da marmita de alguém :p

Panda disse...

Às tantas... Mas ele diz que eu sou maluca :P

Maria Sem Limites disse...

Claro que estou contigo, já se passou um mês e ainda não percebo como se confunde isso. (Maria Mestre)

Panda disse...

Maria, tamo junto :P