5 de março de 2016

Acabo já com isto ou mostro-lhe misericórdia?

O meu namorado viu hoje o meu novo corte de cabelo. Disse-me que lhe faço lembrar um cão à chuva. 

18 comentários:

Catarina de Carabá disse...

É a única ocasião em que não se precisa de honestidade: quando não podemos fazer nada quanto à coisa má em questão...

Panda disse...

A questão é que o meu cabelo está assim: https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/c1/05/a7/c105a7df276d49adbe1a3c2ee0b4940a.jpg. Ele é que gosta muito de me irritar com coisas que acha que me tocam forte. Mas cão à chuva... Enfim xD

Tim disse...

ele devia de rapar a cabeça --

Panda disse...

Acredito que não lhe fosse favorecer xD

Pretty in Pink disse...

Os gajos são a coisa mais querida =P

Beijinho*

esperto que nem um alho disse...

E depois pediu-te a patinha e deu-te um biscoito? ahahah

Panda disse...

Pink, são, não são? Não há melhor!

esperto, que engraçadinho, mais uma vez, que engraçadinho :P

esperto que nem um alho disse...

Opá, não tenho culpa de ser engraçado. Engraçadinho... xD

Dalila Melfe disse...

Misericórdia? Acaba já! ahah

Beijinhos,
http://thelostlouboutin.blogspot.pt

Panda disse...

esperto, isso é uma escolha de vida, meu amigo!

Dalila, alguém que me aconselhe como deve ser, até que enfim! :D

Tim disse...

olha e que tal uma greve de sexo?

Panda disse...

Acho que deixar de cozinhar para ele ia causar mais impacto...

esperto que nem um alho disse...

Não concordo. Ou por outra: pode ser uma escolha de vida, nalguns casos. Noutros é uma questão de sobrevivência. Poucas pessoas ganham a vida a fazer o que realmente gostariam de fazer. Suponho que o mesmo acontece em todas as profissões, incluindo a de palhaço.
Quantos palhaços o são por vocação? :)

Panda disse...

Qual é o teu caso? :P

esperto que nem um alho disse...

É óbvio que sou palhaço por vocação. Só faço palhaçadas aqui. Se ganhasse a vida com isto, tinha que cobrar bilhete. xD

Panda disse...

Se ganhasses a vida com isto, estavas rico :P

esperto que nem um alho disse...

Olhe que não!... olhe que não!...
Há dias em que nem de borla me querem ouvir. eheheheheh

Panda disse...

Ahahahah, acontece o mesmo deste lado, deixa lá!