5 de novembro de 2014

Tá difícil

Eu bem que tentei ignorar a onda do Não Me Toca e isso tudo, mas, reconheçamos (que eu também sou menina para dar o braço a torcer de vez em vez), que quando alguma coisa se torna viral nós deitamos o olho. Neste caso, o ouvido também. E eis que dei por mim a passar os olhos pelas letras do Anselmo, depois de ouvir até à exaustão as músicas do moço sensação a passar na rádio e nos bares e em todo o sítio e mais algum. Comecemos, pois então, que se faz tarde:

1. Eu te disse que eu era inocente, baby
Esta é aquela do "eu bem te disse pra estares masé caladinha, que não esteve nenhuma moça de leste no meu quarto, aquilo no cobertor eram os pêlos do Labrador da vizinha, eu bem te disse, mas tu és sempre a mesma coisa, pá, sempre a mesma coisa". Ali o "baby" é para dar uma pitadinha de doçura.

2. O teu ciúme no teu ouvido pôs algodão
Não foi o ciúme, Anselmo. Ela não está é para te ouvir cantar, pareces uma tia de Cascais com a caganeira, qualquer dia até eu estou a pôr algodão nos ouvidos.

3. Meu telefone e email tu tinhas o pin
 Aaah, mas do Tuíta e do Feicebuque nem vê-lo. Tá mal. Ou dás todos, ou não dás nenhum.

4. Pra ti sou sempre o vilão, ão
Os cães fazem-se de mortos, aqui o nosso Anselmo faz-se de vítima. Eu já disse ao meu homem que, da próxima vez que discutirmos assim qualquer coisita, vou também cantar, no meu tom de voz sofredor, "pra ti sou sempre a vilãaa, haaan". Pode ser que resulte e que ele venha em direcção à minha pessoa para me dar um xi-coração e que eu depois tenha a oportunidade de dizer "não, não, não. Não me toca!"

E agora, vá, "me deixa ir" que amanhã é um dia pesadito. Boas noites.

6 comentários:

Silent Man disse...

Já ouvires isso tudo é obra!

Panda disse...

Eu tive que ir ler, porque eu não percebo nada do que o moço diz.

maria umbelina disse...

Tu é que gostas de sofrer! Ouvir isso tudo e ainda escrever uma reflexão é de santa! :p

Panda disse...

Santa Panda, sempre de auréola em riste.

ernesto disse...

Estou demasiado cansada para fazer um comentário melhor do que isto: obrigada. Precisava de me rir assim xD

Panda disse...

Sempre às ordens, comparsa.