2 de dezembro de 2014

Pois, também vi logo que era fruta a mais

Hoje estava lá na faculdade a comer um folhado de chocolate quando me lembrei que, da última vez que comi aquilo, fui a comê-lo pelo caminho que separa o edifício principal da faculdade do edifício 2. Era acabadinho de sair do forno, a nutella que preenche o interior daquilo escorregava por todos os lados e estava uma ventania do caraças. Arrependi-me logo de ir a comer aquilo na rua, mas pronto, sempre crente e nada a temer, continuei na minha vidinha. Chegada ao destino, está um bando de espécimes do sexo masculino a descer as escadas e, conforme eu subo, olham todos para mim, com um ar curioso, e eu ali a pensar logo na melhor maneira de dar uma palmadinha nas minhas próprias costas para me felicitar pela minha aparência, que chamou tanto a atenção dos moços. Pois, mas não. Percebi o motivo dos olhares quando, depois de ir ao wc, olhei para as minhas fuças no espelho e constatei que tinha um grande bocado de nutella mesmo acima da sobrancelha esquerda.

8 comentários:

ernesto disse...

Já devo ter feito comentários parecidos um milhão de vezes, mas obrigada por me meteres a rir ahahah
Eu é com a pasta de dentes!

Panda disse...

Olha, mas garanto-te que são sempre um elogio enorme :)

Silent Man disse...

Mas mas... Acima da sobrancelha? Como é que tu te desengomaste para fazer essa proeza?

Panda disse...

Isso mesmo, palavra de honra. Foi o vento. Mas não consigo ainda perceber muito bem como raio...

Silent Man disse...

Ai mulher... Se não tivesses nascido tinhas que ser inventada!

Panda disse...

Mas alguém ia inventar isto? Só o trabalho que dava pôr tanto caos numa coisa só.

maria umbelina disse...

Ahhh, são coisas que acontecem... à panda :p

Panda disse...

Oh maria, a Panda é uma pessoa como todas as outras... :P